FIGURA 33 - LÂMINA D-3 - CORTE TRANSVERSAL DE MEDULA ESPINHAL - H.

 

 

 

 

TECIDO NERVOSO

O sistema nervoso é dividido em duas partes principais:
1) o sistema nervoso central (SNC) que compreende o cérebro e a medula espinhal e,
2) o sistema nervoso periférico (SNP) formado por nervos, que ligam o SNP a outros tecidos, e por gânglios que são agregados de células nervosas (neurônios) localizados fora do SNC.

No SNC, os corpos celulares dos neurônios têm tendência a agregarem-se. Este fato, confere a determinadas regiões do encéfalo e medula uma cor acinzentada, quando vistos macroscopicamente a olho nu. Estas regiões são denominadas substância cinzenta. Além dos corpos celulares a substância cinzenta contém os dendritos e as células neurogliais que se associam a estas estruturas. A substância branca, por sua vez, constitui as regiões do SNC destituídas de corpos celulares dos neurônios contendo apenas os seus axônios e células da glia. Estas regiões apresentam uma coloração branca, vistas macroscopicamente.

A integração e análise das informações recebidas ou enviadas a partir dos meios externo e interno do organismo são efetuadas pelo SNC. A recepção do estímulo enviado, assim como a transmissão da resposta para o órgão efetor são funções do SNP. Convém ressaltar, entretanto, que estes dois sistemas são perfeitamente integrados, não havendo uma separação física entre eles.

SUBSTÂNCIA DE NISSL

A olho nu, observe um corte circular, maciço e corado em azul. Observe ao microscópio, em pequeno e médio aumentos, formações fortemente basófilas que representam os neurônios Os neurônios são células com alta atividade metabólica. Esta característica celular dos neurônios, segundo critérios morfológicos, implica na observação ao microscópio de luz e coloração com H. em núcleo redondo, volumoso, pouco corado e com nucléolo grande e central, bem evidenciado. No citoplasma, grande quantidade de retículo endoplasmático granular e ribossomas que aparecem como áreas basófilas chamadas de corpúsculos ou substância de Nissl. Todos os demais pequenos núcleos pertencem às  células da glia (neuroglias).

 

 

 

 

 

 

 

 

| Objetivo |

| Introdução |

| Lâminas |

| Equipe |