MENU


INTRODUÇÃO

A célula é isolada do meio externo por uma membrana lipoprotéica muito fina, formada por fosfolipídios e proteínas, que se apresentam de forma dinâmica, distribuídos conforme o modelo do mosaico fluido, ou seja, os fosfolipídios se deslocam continuamente sem perder o contato uns com os outros, e as moléculas de proteína "flutuam" nestes lipídeos, podendo se deslocar de um lado para o outro.
Ela é também responsável pela seleção das substâncias que devem entrar ou sair da célula, pois a célula viva deve trocar substâncias com o meio. Portanto, se diz que a membrana plasmática possui uma permeabilidade seletiva.
A célula apresenta uma composição química diferente do meio externo. Esta diferença se mantém graças a Membrana Celular, também chamada de Membrana Plasmática ou Plasmalema.
A capacidade que a célula tem de manter sua composição química diferente da composição do meio externo, selecionando o que vai entrar e o que vai sair, é chamada de Permeabilidade Seletiva. Permeabilidade, porque permite a passagem e Seletiva, porque escolhe as substâncias que entrarão ou sairão.
Para que uma substância passe através de uma membrana, é necessário que exista uma via de passagem para essa substância, seja através da bicamada lipídica, seja através de uma proteína. Se existir essa via de passagem, a membrana é permeável àquela dada substância. A substância é dita permeante.

 
Introdução
Transporte Passivo
Transporte Mediado
Transporte Ativo
Referências
Links
Equipe